Menu

3 de Dezembro, 2023

Opinião. A outra Cristina

Reprodução

Cristina Ferreira regressou às manhãs da TVI para substituir Maria Botelho Moniz durante o período da maternidade. O que se esperava não aconteceu: uma vitória inequívoca.

O ‘Dois às 10’ estava a fazer um caminho muito sólido para alcançar a liderança mensal das manhãs. Contudo, a saída de Maria Botelho Moniz e a entrada de Cristina deitou, incrivelmente, tudo a perder.

A TVI quis juntar Cláudio Ramos a Cristina Ferreira e repetir a dupla de sucesso das antigas manhãs da SIC. Embora não tenha perdido qualidade, o formato do quarto canal perdeu fôlego. Nas audiências, deixou escapar a liderança em grande parte dos dias, mesmo naqueles em que o ‘Casa Feliz’ se viu órfão de João Baião. Neste caso, é impossível não dar o mérito também a Diana Chaves.

O valor da apresentadora

Voltando à apresentadora, não restam agora dúvidas de que o seu valor de mercado e para o público decresceu de forma abrupta. Cristina Ferreira já não basta por si só para um programa ser um sucesso, mesmo aquele que já o era.

Percebe-se também como o mundo da televisão pode ser fugaz e cruel. Num dia são bestiais e no outro quase bestas.

A diretora do canal de Queluz de Baixo continua a ser uma das melhores do pequeno ecrã, mas resta-lhe agora saber viver na mó de baixo. Por agora, só os grandes formatos podem dar-lhe garantias de sucesso, como é o caso do ‘Big Brother’.

Cláudio Ramos e CristIna Ferreira revelam vídeo inédito do primeiro encontro na TV

Assista ao momento aqui.

Categorias: Tags: