Menu

27 de Dezembro, 2023

Balanço 2023. O melhor e o pior da RTP

Instagram

O ano de 2023 correu bem à RTP, com algumas apostas bastante acertadas e outros formatos a voltar a ganhar importância. Conheça o balanço com a escolha para o melhor e o pior do ano.

Melhor do ano

‘Praça da Alegria’

‘Estrelas ao Sábado’, ‘Taskmaster’, ‘Joker’ ou o ‘Preço Certo’ podiam muito bem ter sido as escolhas para o melhor do ano de 2023 neste balanço, mas o ‘Praça da Alegria’ merece essa distinção mais do que qualquer outro.

É um dos programas com maior longevidade na televisão portuguesa e já passou por momentos difíceis. Sónia Araújo e Jorge Gabriel foram os rostos visíveis das mudanças e chegaram a ser atirados para os fins-de-semana.

De regresso ao Porto, o formato manteve-se à tona, alcançando em 2023 uma “nova vida”. Neste ano, o ‘Praça da Alegria’ passou a estar nas preferências dos espectadores das manhãs e, imagine-se, chegou mesmo a ganhar audiências no horário. Além disso, não poucas vezes alcançou o segundo lugar.

É digno ainda de registo que o programa da RTP não recorre a histórias de faca e alguidar como a concorrência, o que mostra que a diferença, tarde ou cedo, pode agradar ao público.

O pior de 2023

‘5 para a meia noite’

O regresso do programa de late night foi uma boa notícia porque faz falta algo do género na televisão nacional.

Contudo, a forma de como foi feito não foi a melhor. Gilmário Vemba é, inegavelmente, uma pessoa com talento, mas isso não significa que saiba fazer tudo. A RTP, embalada pelo sucesso do ‘Taskmaster’, achou que o humorista podia ser o melhor rosto para o ‘5 para a Meia-Noite’, mas enganou-se. Gilmário cumpre, mas não entusiasma.

Uma escolha pouco acertada da RTP neste 2023.

Categorias: Tags: