Menu

25 de Outubro, 2022

Palmeirim promete maior competitividade no ‘Taskmaster 2’

Taskmaster Portugal/Instagram

Vasco Palmeirim foi entrevistado pela NiT e revelou que o nível de competição entre os concorrentes aumentou depois da primeira temporada do ‘Taskmaster’ ter sido exibida. O apresentador revelou ainda que estava prevista uma alteração dos nomes que fizeram parte da edição inaugural, mas a RTP voltou a apostar no elenco original.

Vasco Palmeirim explicou que a primeira temporada do ‘Taskmaster’ teve apenas oito episódios, ao contrário dos habituais 10 ou 12 do original. Por isso, e pela prestação dos concorrentes, Jéssica Athayde, Gilmário Vemba, Inês Aires Pereira e Toy vão continuar no programa da RTP. Quanto à segunda temporada, o radialista revela que a competição aumentou: “quando o programa foi para o ar e eles viram aquilo que fizeram, o nível de competição entre eles aumentou muito. Ou seja, aquilo que durante as gravações foi uma espécie de brincadeira, eles ao verem e perceberem a repercussão daquilo tudo pensaram “espera aí, eu na segunda temporada quero ganhar”. E todos querem ganhar. Não é que não quisessem, mas agora a coisa está diferente. Temo-los de garras de fora e é muito bom ver que continuam a dar o litro e fiéis ao que mostraram na primeira temporada”.

Relativamente ao formato, o apresentador explicou ainda que a produção está refém da edição original que já conta com 12 temporadas e que, apesar de existirem ideias de desafios por parte da equipa portuguesa, elas têm de ser aceites internacionalmente.

Em equipa que ganha não se mexe

Contudo, Vasco Palmeirim explicou que a permanência dos concorrentes fugiu ao paradigma original, mas que acabou por ser aceite. “Em cada temporada deles que acaba, vêm outros concorrentes, por mais bem-sucedida que tenha sido. Mas a deles é maior, nunca é só de oito programas, costumam fazer 10 ou 12. Por isso foi bom que tivéssemos percebido que ainda havia muito sumo naquelas quatro laranjas. E, do lado deles, todos queriam continuar. Aliás, eu e o Markl fizemos uma coisa muito engraçada: uma espécie de prank call aos quatro. Ligámos a cada um a dizer “olha, infelizmente não vamos continuar, porque a RTP quer mudar o painel todo”. E todos ficaram — menos a Inês, porque já sabia —: “a sério? Não me digas isso. Queria tanto”. E lá dissemos que estávamos a gozar, que eles iriam continuar e ficaram felizes da vida. Por isso, falámos de uma possível mudança tendo em conta o formato original, mas a produtora aceitou [manter estes concorrentes], eles também e vai ser uma ligação muito boa para continuar. Até fiz aquele teste de mercado. Quando dizia a amigos e familiares fãs do “Taskmaster”: “preferias que o elenco continuasse ou que a coisa mudasse?” Eles ficavam todos: “olha, não sei, mas se eles continuassem eu iria adorar”. Toda a gente está muito feliz com a permanência daqueles quatro”, explicou à NiT.

Por agora, a RTP ainda não divulgou a data de estreia da segunda temporada do ‘Taskmaster’, mas as gravações das provas já terminaram.

Categorias: Tags: