Menu

20 de Setembro, 2022

Audiências. ‘Sangue Oculto’ tem pior estreia em 11 anos

Sangue Oculto/Instagram

‘Sangue Oculto’ é a nova novela da SIC que estreou esta segunda-feira (19/09). Apesar ter subido face aos últimos resultados de ‘Lua de Mel’, a nova aposta não foi capaz de suplantar a já habitual líder ‘Festa é Festa’, da TVI.

A estreia de ‘Sangue Oculto’ não foi boa, nem má, pelo menos no que toca a audiências. A nova aposta na ficção da SIC não conseguiu inverter a tendência da antecessora e manteve o terceiro canal em segundo lugar no horário nobre. A história protagonizada por Sara Matos, que tem uma papel duplo ao interpretar duas irmãs gémeas, não conseguiu melhor do que 10,1% de audiência média e 20,8% de quota de mercado. Isto significa que, em média, 960 mil espectadores assistiram à estreia.

Por outro lado, a quinta temporada de ‘Festa é Festa’ manteve-se imbatível com 10,7% de audiência média e 22,1% de quota de mercado, números que ajudaram a TVI a ultrapassar a barreira do milhão de espectadores no período horário. Logo depois, a liderança manteve-se do lado do quarto canal com ‘Quero é Viver’ e ‘Para Sempre’. Por sua vez, a SIC só voltou a liderar com as brasileiras ‘Um Lugar ao Sol’ e ‘Pantanal’.

No final do dia, e muito devido aos bons resultados da informação, das manhãs e dos finais de tarde, a estação liderada por Daniel Oliveira conquistou o primeiro lugar com 17,8% de share. A TVI ficou-se pelos 16,5%. 

Pior estreia em 11 anos

No que toca a principais apostas na ficção da SIC, é necessário recuar até à estreia de ‘Rosa Fogo’, em 2011, para encontrar uma audiência tão baixa num primeiro capítulo. Atualmente, e muito longe de serem sucessos, ‘Lua de Mel’ e ‘Por Ti’ tiveram audiências superiores nas suas estreias. Contudo, e até recentemente, os valores ficam substancialmente abaixo dos que foram alcançados por ‘Amor Amor’, no início do ano passado. Em janeiro, a novela protagonizada por Ricardo Pereira e Joana Santos conquistou 1 milhão e 458 mil espectadores, em média.

Os dados apresentados são da responsabilidade da CAEM/GfK. Fonte: Espalha Factos

Categorias: Tags:

[simple-author-box]