Menu

22 de Junho, 2022

Análise. A crise das novelas da SIC

Lua de Mel/instagram

A SIC tem atualmente duas novelas portuguesas e inéditas no seu horário nobre. Nas últimas semanas, ‘Lua de Mel’ e ‘Por Ti’ não conseguiram alcançar a barreira do milhão de espectadores, em média. Sem novidades para os próximos meses, o canal de Paço de Arcos pode preparar-se para um verão complicado.

A concorrência, leia-se TVI, está muito longe do seu auge e, por isso, os deslizes da SIC podem não comprometer a sua liderança. Ainda assim, é inegável que as suas novelas estão numa séria crise e só setembro pode mudar o rumo descendente. ‘Lua de Mel’ prometeu ser um super crossover e, no fundo, é pouco mais do que uma continuação de ‘Amor Amor ‘e ‘Nazaré’. O problema é que a primeira esteve demasiado tempo no ar e cansou demasiado o público. É óbvio que fazer várias temporadas de um produto o tornam mais barato, mas talvez esteja na altura de acabar com essa tendência.

O canal liderado por Daniel Oliveira tem, sem dúvida nenhuma, o melhor conjunto de atores dos três canais de sinal aberto, mas a crise de ideias por parte dos autores deixa cair por terra o talento contratado. Alexandra Lencastre, por exemplo, tem que deixar de fazer papelinhos, por melhor que os faça, e voltar a ter grande destaque.

Além de ‘Lua de Mel’, que até enganou no início, mas que é uma terrível manta de retalhos, a SIC tem ainda a sua pior novela dos últimos anos, ‘Por Ti’. A história da da disputa da construção de uma barragem numa de duas aldeias vizinhas é boa, mas podia ter ido por um caminho mais leve, embora sem chegar ao nível de comédia de ‘Festa é Festa’, para evitar comparações. Em vez disso, a estação preferiu criar uma história pesada e liderada pelo pior casal de protagonistas em muito tempo. Lourenço Ortigão voltou a fazer o que sempre fez na TVI e Filipa Areosa também não anima.

O resultado de dois maus produtos são as más audiências que conquistam diariamente e que têm sérias dificuldades em vencer a concorrência. O verão vai ser complicado para o horário nobre da SIC e só setembro pode ajudar a reverter a situação. Ao que parece, vem aí uma novela protagonizada por Mariana Pacheco, que dará vida a duas gémeas, uma boa e outra má. Será este cliché suficiente? Depende daquilo que a concorrência fizer. E, já agora, não teria valido a pena experimentar ‘Pantanal’ num dos principais horários ou será que há vergonha em voltar a apostar forte em novelas brasileiras sempre que fizer sentido?

Categorias: Tags:

[simple-author-box]