Menu

5 de Junho, 2022

‘Chefs da Nossa Terra’. Um ‘Somos Portugal’ travestido pela RTP

Isabel Silva/Instagram

‘Chefs da Nossa Terra’ é o novo programa das tardes de domingo da RTP, que junta João Paulo Rodrigues e que marca o regresso de Isabel Silva à televisão. Durante várias horas, o canal público dá aos espectadores o mesmo que SIC e TVI dão e, mesmo que fosse melhor, não haveria desculpas para a decisão da estação na escolha do formato.

Interessa pouco perceber se ‘Chefs da Nossa Terra’ é melhor do que o ‘Domingão’ ou o ‘Somos Portugal’, mas rapidamente até se percebe que não é. Aquilo que realmente interessa é que durante vários meses a RTP brindou o público com um chorrilho de repetições, seja de filmes, espetáculos ou programas, e decidiu substituí-los por um formato que podia parecer outra coisa, mas que não o é. Basicamente, todas as semanas o programa é transmitido a partir de uma cidade portuguesa e nela se inicia uma competição culinária com concorrentes da zona. Até aqui, tudo certo, não fosse este concurso uma forma de mascarar aquilo a que a aposta se presta realmente.

Além desta competição que serve de mote, a verdade é que grande parte da tarde é ocupada com as habituais entrevistas para se falar, muitas vezes, de coisa nenhuma. Para completar o ramalhete, um sem número de artistas de música ligeira em palco para animar a meia dúzia de pessoas presente. Ora, dar o que os outros dão, só que pouco melhor, está muito longe de ser serviço público. Ainda para mais quando o público que gosta deste género de programas não vai trocar as propostas das privadas por algo mais recente, mas que não traz nada de novo.

Mal por mal, fazia mais sentido a aposta diferenciadora nas reposições ou o mal sucedido e extinto ‘Hoje é Domingo’.

Categorias: Tags:

[simple-author-box]