Menu

10 de Janeiro, 2022

Especial. Uma gala do ‘Big Brother Famosos’ vista por dentro

A Caixa que já foi Mágica

O A Caixa que já foi Mágica marcou presença na segunda gala do ‘Big Brother Famosos’, neste domingo (09/01), e quer partilhar a experiência consigo. A emoção do direto e do “ao vivo”, a presença incontornável de Cristina Ferreira e uns comentadores muito atentos.

A emoção de ver “televisão” ao vivo é, muito provavelmente, a mesma de ver um espetáculo num Teatro, por exemplo. O palco, as luzes, os técnicos, as movimentações e as estrelas da noite geram curiosidade a quem se presta a ver televisão fora dela. A gala do ‘Big Brother Famosos’ é uma espetáculo para o público que está em casa, mas que não deixa a desejar para quem está dentro daquele estúdio. Neste artigo especial, conta-se aquilo que os espectadores não vêem em casa. 

A CAIXA QUE JÁ FOI MÁGICA

A preparação

A pandemia obrigou a muitas regras em todos os espaços públicos e a televisão não é exceção. À porta, horas antes da gala, o público e todos os intervenientes da noite foram testados à Covid-19. Depois, depois é esperar e esperar. Flávio Furtado chegou já ao final da tarde, mas ainda sem o glamour que apresentou depois. O mesmo aconteceu com Ana Garcia Martins que marcou presença na Venda do Pinheiro minutos mais tarde. Pouco menos de uma hora antes do início, ordenadamente, o público sentou-se nos lugares devidos e foi animado por uma técnica da produção. O primeiro banho de realidade acontece quando se percebe a magia da televisão: um estúdio grandioso no pequeno ecrã é muito mais pequeno do que aquilo que se possa imaginar. Por fim, passado o encanto e baque inicial.. mãos no ar, música, gritos e explicações animam os minutos que antecedem o direto.

A CAIXA QUE JÁ FOI MÁGICA

A Cristina de sempre

Já muitas vezes aqui critiquei Cristina Ferreira pelas suas escolhas e por algumas das suas atitudes. Os últimos meses fizeram-me acreditar que a apresentadora era agora uma mulher diferente e com tiques de vedeta. Felizmente, estava enganado. Chegou ao palco, ovacionada por quem estava, e retribuiu com um aceno e um sorriso. Além disso, já em tom de brincadeira, pediu para ninguém colocar imagens de si “na Internet” antes do início do programa. 

Logo depois, outra surpresa, gravou a publicidade que mais tarde passou no formato à primeira! É o seu trabalho, é certo, mas fê-lo parecer demasiado simples e acreditem que não é. Depois, recolheu-se e posicionou-se no topo das escadas do programa até ao início. Ao longo da noite, esteve sempre segura, extremamente atenta a tudo o que se passava e não se sentou uma única vez até ao intervalo. Surpreendente é ainda a sua capacidade de improviso e de manter o ritmo apenas coadjuvada por cartões e por quem lhe “falava ao ouvido”. Uma palavra: respeito!

No final, abraçou e falou com Flávio Furtado e, depois, fez o mesmo à colega e amiga Lurdes Guerreiro. Pelo meio, aceitou de bom grado aceder a tirar umas fotografias a quem quis pousar ao seu lado.

Gala 'Big Brother Famosos'
A CAIXA QUE JÁ FOI MÁGICA

Os Comentadores da gala

Gala 'Big Brother Famosos'
A CAIXA QUE JÁ FOI MÁGICA

Ana Garcia Martins e Flávio Furtado estiveram sempre lá, pouco presentes na gala, é certo, mas muito empenhados em agitar as redes sociais com as suas publicações. Além disso, outro pequeno grande pormenor: o facto de o estúdio ser pequeno aproxima as pessoas e, nesse sentido, enaltece ainda mais a coragem que têm de dizer o que pensam sobre quem participa no ‘Big Brother Famosos’, isto sempre sobre o olhar atento e, muitas vezes, reprovador dos familiares que estão poucos metros à sua frente.

Por fim, e para quem aprecia, a televisão é tão encantadora por dentro tal como o é no pequeno ecrã. No fundo, é tudo uma questão de perspetiva. 

Categorias: Tags: