Menu

14 de Dezembro, 2021

Opinião. A liberdade de Ana Garcia Martins

A Pipoca Mais Doce/Instagram

Ana Garcia Martins, ou A Pipoca Mais Doce, é comentadora do ‘Big Brother’ e está, todos os domingos, nas galas do reality-show. É nesses momentos que o pior da televisão, para muitos, consegue ser o melhor, pelo exercício de liberdade exercido pela blogger de forma exímia e pela capacidade de poder de encaixe da produção.

Curiosamente, um dos géneros televisivos com mais público é também aquele que é mais criticado por várias razões. O ‘Big Brother’ é o expoente máximo do reality-show, até porque foi o primeiro, e tem muitos defeitos a que se pode apontar o dedo. Contudo, o programa da TVI consegue, aos domingos à noite, vários momentos de grande e louvável liberdade protagonizados por Ana Garcia Martins.

O mérito está todo do lado d’ A Pipoca Mais Doce. Assertiva e sem medo de dizer o que pensa, doa a quem doer, o seu comentário nas galas é um bom momento de televisão e uma lição para muitos. Ter a capacidade de assumir uma posição face aos concorrentes, muitos com familiares em estúdio, e até mesmo contra a produção do programa que lhe paga é de uma grande coragem. Ainda no último domingo, por exemplo, criticou a Endemol por dar poder de decisão no jogo a concorrentes já expulsos a menos de um mês da final. Obviamente que a sua opinião não vai mudar nada, mas pelo menos fez-se ouvir. 

A influenciadora tem um tom de sarcasmo nas suas intervenções que nem todo o público adora e entende, mas ela está lá todos os domingos porque, no fundo, representa o público que tem, muitas vezes, vontade de dizer aquilo que é dito por si. É por isso que, doa a quem doer, a TVI não dispensa a sua presença. 

Da mesma forma, e claro que pelas razões já mencionadas, a produção do ‘Big Brother’ continua a manter e a dar cada vez mais espaço a Ana. Contudo, não deixa de merecer um aplauso por aceitar pagar a alguém que diz, muitas vezes, a verdade ou que aponta o dedo a escolhas menos felizes. 

O programa do canal de Queluz de Baixo, muitas vezes apelidado como o “pior da televisão”, consegue ser um exemplo positivo de liberdade capaz de fazer corar muitos bons formatos, até informativos, que por aí andam.

Sondagem a decorrer

O A Caixa que já foi Mágica lançou uma sondagem, a decorrer ao longo do mês de dezembro, em que questiona “Quem vai vencer o ‘Big Brother’?”. Siga o link e participe.

Categorias: Tags: