Menu

17 de Agosto, 2021

‘O Crime do Padre Amaro’ ganha nova versão em série da RTP

O clássico de Eça de Queiroz vai ganhar uma nova versão na televisão, cerca de 16 anos depois de a SIC o ter feito. ‘O Crime do Padre Amaro’ vai ter José Condessa e Bárbara Branco como protagonistas na nova série da RTP1.

O Crime do Padre Amaro
José Condessa/Instagram

As gravações da nova versão de ‘O Crime do Padre Amaro’ já arrancaram e estão a ser realizadas em Leiria, local no qual se desenrola a história no original. Ao longo de seis episódios, de 45 minutos cada, a trama de Eça de Queiroz volta a ser revisitada em televisão.

José Condessa e Bárbara Branco vão interpretar Amaro e Amélia, os protagonistas da história. O jovem padre chega à cidade e desperta a atenção pela sua beleza, ao passo que é questionado pelas suas capacidades para exercer o sacerdócio.

Por sua vez, Amélia é uma mulher dedicada à igreja, sobretudo aos padres, já que cresceu sem uma figura paterna. Os dois acabam por se apaixonar e colocar em causa o voto de celibato.

Esta nova versão terá a realização de Leonel Vieira, também responsável por revisitar clássicos como o ‘Pátio das Cantigas’ ou o ‘Leão da Estrela’. A série, ao contrário daquela que foi realizada pela SIC e protagonizada por Jorge Corrula e Soraia Chaves, vai ser fiel ao texto original.

Além dos rostos que podem ser vistos atualmente em ‘Bem Me Quer’, na TVI, nomes como José Raposo, Filomena Gonçalves, Miguel Raposo, Emília Silvestre, Natália Luiza, Diogo Martins, Marina Albuquerque, Carla Vasconcelos e Vânia Naia também fazem parte do elenco.

“A trabalhar não somos namorados”

A dupla que vai protagonizar o romance de Eça de Queiroz forma um casal fora dos ecrãs. Apesar da relação, em entrevista à TV Mais, o ator deixou claro que sabem separar bem o trabalho da relação. “A trabalhar não somos namorados. Somos dois atores que se admiram e que, por acaso, acho que têm muita química a contracenar. Sou muito fã da Bárbara”, afirmou José Condessa.

Já sobre as cenas que mais eróticas que vai ter de viver com a namorada, o profissional não se mostra preocupado: “ainda não gravámos essas cenas. Mas a obra pede e justifica isso. É um romance profundamente erótico. Essas cenas vão acontecer com muita naturalidade.”

A estreia de ‘O Crime do Padre Amaro’ deve acontecer apenas no próximo ano, na RTP1.

Categorias: Tags:


Tiago Lourenço