Menu

16 de Agosto, 2021

Cláudio Ramos confessa: “Cheguei ao topo da carreira”

Cláudio Ramos deu uma entrevista à MAGG em que falou dos seus últimos anos na televisão. O apresentador confessou ter concretizado dois sonhos no espaço de um ano: o de apresentar o ‘Big Brother’ e o de ter um programa nas manhãs. Pelo meio, elogiou a concorrência e defendeu Cristina Ferreira.

Cláudio Ramos
Cláudio Ramos/Instagram

Aos 47 anos, o apresentador da TVI mostra-se feliz com a vida profissional que tem atualmente e nada arrependido de ter deixado a SIC. Desde janeiro ao lado de Maria Botelho Moniz, no ‘Dois às 10’, Cláudio Ramos elogiou a dinâmica entre os dois: “Eu tenho mais química hoje com a Maria do que tinha há um ano e estou convencido que, de hoje a um ano, terei mais. Porque vamos conhecendo coisas um do outro, vamos percebendo os jeitos um do outro, e acho que isso ajuda bastante”.

Na entrevista, o profissional revelou que nem sempre lê o que se escreve sobre si e que “Só há um mês é que comecei a ler as coisas do “Big Brother” que fiz com a Teresa”. Quanto a ir apresentar a nova edição, o comunicador foi claro: “Não faço a mínima ideia”. Contudo, afirma que gostaria de estar nesta nova versão do reality show, “mas também não ficava triste se não o fizesse”.

Já no que toca a Cristina Ferreira, Cláudio Ramos mostrou-se desiludido com a comunicação social. “Não consigo encontrar uma razão, não consigo perceber mas basta olhar e perceber que há uma má vontade. É como se não se fizesse nada certo. A coisa até pode ser boa mas as pessoas vão olhar sempre para o menos bom”, disse à MAGG sobre as escolhas da diretora de entretenimento e ficção.

“Em qualquer lugar do mundo, seria aplaudido”

No dia em que a TVI “trocou as voltas” aos espectadores, ou seja, trocou os apresentadores dos seus habituais programas, houve um coro de críticas relativamente à decisão da estação.

Para o rosto das manhãs, era uma “ ideia muito gira” que “Em qualquer lugar do mundo, seria aplaudido”. Mais uma vez, para o apresentador, foi um ataque contra Cristina Ferreira.

Elogios à concorrência

Cláudio Ramos admitiu ainda não ver a concorrência, mas confessou ser amigo de Diana Chaves e de gostar “muito do Baião”. “Eu quero ganhar, claro que sim. Mas eu não quero o mal deles”, garantiu.

Categorias: Tags:


Tiago Lourenço