Menu

22 de Maio, 2021

Portugal. As hipóteses na Eurovisão e as melhores posições de sempre

Desde que os The Black Mamba garantiram a presença na grande final deste sábado (22/05), no ‘Eurovision Song Contest’, Portugal é um dos favoritos dos apostadores à vitória. ‘Love Is On My Side’ pode alcançar um dos melhores resultados de sempre para o país no concurso internacional. Ainda se recorda das melhores prestações de sempre?

The Black Mamba representam Portugal na Eurovisão
Tatanka/Instagram

Portugal, nem de longe, nem de perto, teve sempre sucesso no ‘Eurovision Song Contest’. Desde 1964, a estreia do país no certame, não correu da melhor forma para a ‘Oração’, de António Calvário, e foi necessário aguardar até 1971 para Tonicha conseguir um 9.º lugar, entre 18 concorrentes, com ‘Menina (do Alto da Serra)’.

Mais tarde, Manuela Bravo e o seu ‘Sobe, Sobe, Balão Sobe’ voltou a garantir a mesma posição de oito anos antes, desta feita, com 19 países a concorrer ao espetáculo europeu. No ano seguinte, José Cid alcançou então a melhor posição, um oitavo lugar, com ‘Um Grande, Grande Amor’. 

A partir de 1980, o país mostrou à Europa artistas como Carlos Paião, Doce, Armando Gama ou Adelaide Ferreira, mas todos com pouco sucesso.

Em 1991, ‘Lusitana Paixão’, interpretada por Dulce Pontes, alcançou novamente o recorde de José Cid, feito repetido por Sara Tavares e ‘Chamar a Música’, em 1994.

Lúcia Moniz, com a sua alegria, conquistou o velho continente de cavaquinho na mão e conquistou aquele que foi o melhor resultado de sempre para o país das quinas. 92 pontos e um honroso 6.º lugar que lhe valeram o estatuto de melhor classificada até 2017.

Antes, Portugal passou por um período negro na história da Eurovisão e nem Rita Guerra, em 2003, conseguiu inverter a situação. Só em 2008, Vânia Fernandes conseguiu dar esperança aos portugueses que já atiravam a toalha ao chão. ‘Senhora do Mar’ ficou em segundo lugar na semifinal desse ano e em 13.º lugar, entre 25 países, que participaram na grande final.

Desde então, nenhuma canção escolhida no ‘Festival da Canção’, na RTP, voltou a conseguir fazer furor fora de portas e em 2016 não houve mesmo participação. Porém, Salvador Sobral mudou tudo no ano seguinte e deu a Portugal, pela primeira vez, a vitória no ‘Eurovision Song Contest’ com 758, a pontuação mais alta de sempre para um vencedor.

Nos anos seguintes, Cláudia Pascoal e Conan Osiris voltaram a colocar as aspirações na estaca zero.

2021, um novo ano de glória?

Os The Black Mamba não animaram os fãs do concurso europeu com a sua vitória no festival, algo que mudou com a sua chegada a Roterdão, nos Países Baixos.

Os grupo nacional foi convencendo o público europeu e conquistou o apuramento para a final na quinta-feira (20/05). A partir daí, os representantes portugueses subiram em flecha nas casas de apostas.

Atualmente, ‘Love Is On My Side’ ocupa a oitava posição, de 26 canções, entre os favoritos à vitória na edição de 2021. Com um ótimo histórico de palpites certeiros, os apostadores estão crentes na participação dos The Black Mamba, que pode dar a Portugal um dos melhores resultados de sempre num dos maiores espetáculos televisivos a nível mundial.

Categorias: Tags: