‘Festival da Canção 2021’. Sem público, mas merecedor de aplausos

A RTP transmitiu a primeira semifinal do ‘Festival da Canção 2021’ na noite deste sábado (20/02). Sem público ao vivo, os aplausos fizeram-se sentir de forma gravada. A maioria das canções até foram merecedoras do palco do certame, embora o grande destaque vá para a brilhante produção do canal.

Festival da Canção 2021
Festival da Canção/Instagram

‘Love is on My Side’, ‘Na Mais Profunda Saudade’, ‘Dia Lindo’, ‘Saudade’ e ‘Contramão’ foram as canções escolhidas pelo público e pelo júri selecionado pela estação na primeira noite de Festival de 2021.

As canções dos The Black Mamba, de Valéria e de Karetus & Romeu Barros foram, quanto a mim, as melhores surpresas da noite em que houve alguma diversidade nas apresentações, mas talvez não a suficiente. Outras participações, por exemplo, as de Irma, Sara Afonso e Nadine mostraram-se demasiado idênticas no estilo e na própria performance. Se as trocássemos e baralhássemos as canções, tudo soaria ao mesmo.

No geral, e no que toca a músicas, ficou a faltar um grande hit ou uma verdadeira revelação para entusiasmar o público em casa. 

Quanto à primeira semifinal, a RTP está de parabéns. Com um belíssimo trabalho em estúdio e com uma realização aprimorada, a falta de público ao vivo acabou por ser menos importante do que seria de esperar. A acrescentar a isso, foi possível notar-se um extremo cuidado no que toca a regras em tempo de pandemia, a fazerem corar o péssimo exemplo dado pelas estações privadas nos últimos tempos. 

Ainda no que toca a elogios, a apresentação dos candidatos com recurso a fãs tornou a emissão mais interessante. Contudo, prolongar o Festival para lá das 23h00 não foi inteligente, já que não existiu conteúdo suficientemente interessante para prender o espectador.

%d bloggers like this: