*

‘Médico de Família’ pode ter nova versão na OPTO

Uma das séries de maior sucesso em Portugal, que teve Fernando Luís como protagonista, pode voltar a ser produzida. A garantia foi dada por Francisco Pedro Balsemão, CEO da Impresa.

Médico de Família
Reprodução

O homem forte da SIC afirmou, em entrevista ao jornal Expresso, de que existe a possibilidade de grandes clássicos receberem uma nova versão na OPTO. “Pode servir como um laboratório vivo, usar números e dados para fazer um novo ‘Médico de Família’, revelou Francisco Pedro Balsemão.

A adaptação de uma série espanhola é, ainda hoje, a trama mais vista de sempre em Portugal, com uma média de dois milhões de espectadores por episódio. Estreada em 1998, a história centrou-se na vida de um médico, viúvo, na casa do trinta anos e com três filhos para criar.

Fernando Luís foi o grande protagonista na pele de Diogo Melo, era filho de Zé, Henrique Mendes, e pai de Mariana (Sara Norte), Pedro (Francisco García) e a pequena Catarina (Karina Keiróz). Na mansão, a presença da tia Teresa (Rita Blanco) e da empregada Lucinda (Maria João Abreu), que celebrizou o bordão “valha-me a Senhora d’Agrela que não há outra como ela”, era indispensável. O elenco e a trama fizeram companhia aos portugueses ao longo de cerca de dois anos, tendo chegado ao fim em 2000.

Além da possibilidade do regresso de ‘Médico de Família’, o novo serviço de streaming nacional conta com algumas produções originais já confirmadas como ‘O Clube’ ou ‘A Generala’, esta última inspirada em factos reais.

A OPTO vai estar disponível em novembro deste ano por um valor de 3,99€/mês.

%d bloggers like this: