Ricardo Costa sobre Cristina Ferreira na TVI: “Para a SIC é melhor”

Ricardo Costa
Fotografia.: Instagram Casa Feliz

Ricardo Costa, diretor de Informação da Impresa, revelou em entrevista ao jornal Público que a saída de Cristina Ferreira para a concorrência foi “num bom momento”. O jornalista foi mais longe e afirmou que o novo accionista da Media Capital, Mário Ferreira, avançou com uma “lógica de tentativa de destruição“.

O profissional abriu o jogo e falou, pela primeira vez, sobre a transferência da apresentadora para a concorrência admitindo que “não é uma boa notícia, mas acontece num bom momento“.

Para Ricardo Costa “a Cristina Ferreira é uma pessoa importantíssima na TV em Portugal, que não haja discussão alguma sobre isso. Mas o caminho dela – e provavelmente mais ninguém o consegue neste país – é o de ser uma marca própria. Esse é um caminho que mais tarde ou cedo é incompatível com uma estrutura empresarial de uma TV” e continuou “o que aconteceu mostra que mais tarde ou mais cedo acabaria por sair da SIC”.

O diretor de informação do canal de Paço de Arcos revelou também que “apesar de provocar um problema sério à SIC com danos imediatos, no médio e longo prazo, para a SIC é melhor porque ficaria dependente de uma pessoa — o que não faz sentido numa empresa“.

Quanto ao futuro da estação, O irmão do primeiro-ministro mostrou-se confiante e elogiou o trabalho do diretor de programas: “Se há pessoa na SIC que é capaz de enfrentar em termos de ideias de TV este desafio é o Daniel Oliveira e não tenho dúvidas que sabe mais que a Cristina Ferreira na visão geral e na modernização da TV“.

Já relativamente a Mário Ferreira, o jornalista foi mais duro quando questionado sobre algumas contratações realizadas à sua equipa de informação: “Não, vamos usar as palavras correctas: não é enfraquecer, há uma tentativa de destruição da concorrência que é a lógica do Catão, em Roma, de apagar Cartago do mapa. Eu se fosse ele pensava um pouco porque às vezes estas situações não são Cartago e são afinal o Inverno Russo de Napoleão: há grandes sucessos militares, e outras que são a destruição das próprias tropas“.

Recorde-se que além de Cristina Ferreira, a TVI contratou o jornalista Pedro Mourinho, ambos com ligação à SIC.

%d bloggers like this: