‘5 Para a Meia-Noite’ | Um “adeus” e um “até já”

RTP Filomena Cautela 5 para a meia-noite
Fotografia.: Instagram Filomena Cautela

A temporada atual do ‘5 Para a Meia-Noite’ chega, esta quinta-feira (25/06), ao fim. Filomena despede-se do formato que a celebrizou, mas o talk show regressa à RTP ainda este ano.

A nova apresentadora do ‘Quem Quer Ser Milionário?’ já tinha abandonado o formato uma vez, embora tenha voltado para o assumir ao lado de Inês Lopes Gonçalves. Recentemente, a cinco programas do fim, Filomena Cautela decidiu colocar um ponto final na sua história enquanto cara do programa.

A outra certeza é a de que o ‘5 Para a Meia-Noite’ regressa depois do verão, ainda este ano, numa garantia dada por José Fragoso, Diretor de programas da RTP1.

A partir daqui, nada mais se sabe sobre o talk show que ocupa as noites de quinta-feira do canal público. Ainda assim, existe uma grande curiosidade sobre quem vai assegurar a nova edição do programa.

Bruno Nogueira foi um dos nomes avançados pela Imprensa como um dos desejos da RTP para comandar os novos destinos do ‘5 Para a Meia-Noite’. O humorista foi muito aplaudido recentemente pelo ‘Como É Que o Bicho Mexe’, que criou uma legião de fãs nas redes sociais. Até agora, o profissional que até já teve um programa do género (‘Lado B’), não se pronunciou sobre a hipótese.

Outra das possibilidades é a de Inês Lopes Gonçalves passar de co-apresentadora a figura principal do programa e, assim, substituir a amiga.

Votação na página de Facebook do A Caixa que já foi Mágica dá Bruno Nogueira como favorito

Durou uma semana a sondagem levada a cabo pelo A Caixa que já foi Mágica. A questão era simples: “Inês Lopes Gonçalves e Bruno Nogueira são os dois únicos nomes cogitados, até agora, para apresentar o ‘5 Para a Meia-Noite’. Qual dos dois deve substituir Filomena Cautela no programa da RTP1?”.

A votação foi renhida, mas o humorista levou a melhor e conquistou 56% dos votos, reunindo a preferência dos seguidores da página no Facebook.

Apesar da derrota, a radialista não demonstrou ser indiferente ao conquistar 44% dos votos.

%d bloggers like this: