Comentário de Joana Latino gera críticas entre artistas

Joana Latino
Fotografia.: Instagram Joana Latino

Joana Latino criticou a atitude dos artistas durante a pandemia, no ‘Passadeira Vermelha’ desta segunda-feira (18/05). A jornalista da SIC referiu o ‘Como É que o Bicho Mexe’, de Bruno Nogueira, como um bom exemplo, mas já foi repreendida por Nuno Markl.

A comentadora do programa da SIC e da SIC Caras voltou a estar envolvida em polémica após os seus comentários. Desta feita, os visados foram os artistas nacionais.

“Os artistas em vez de fazerem tantos discursos miserabilistas, catastrofistas e de auto comiseração, deviam mexer-se”, afirmou no ‘Passadeira Vermelha’, depois de elogiar o trabalho de Bruno Nogueira no Instagram.

Nuno Markl, que também faz parte do ‘Como É Que O Bicho Mexe’ apressou-se a defender os colegas de profissão. “A classe artística não é queixinhas – é feita de muita gente com vidas, com famílias, e que há meses que tem a sua vida suspensa, com tanto trabalho adiado sine die, ou mesmo definitivamente cancelado”, pode ler-se na sua conta de Instagram.

Por sua vez, Ana Bola também se juntou ao coro de críticas. “Desde ontem à noite tenho recebido inúmeros pedidos de panos encharcados para alguém. Não consigo decifrar o nome. Alguém me sabe dizer? Já tenho a carrinha pronta, os jerricãs com a água da loiça e panos a estrear, que são os que doem mais. É para onde?”, escreveu no Facebook numa clara referência à jornalista.

Também o ator Manuel Moreira utilizou as redes sociais para mostrar o seu desagrado com as palavras da profissional da SIC, fazendo mesmo referência ao seu nome. “Se a Joana Latino dissesse estas mesmas barbaridades sobre os Agricultores, sobre os Lojistas, sobre os Produtores de Queijo, sobre os Tatuadores, etc, também não tinha contraditório? Os seus colegas de bancada continuariam a não ficar chocados? Eu adorava que o Bruno Nogueira ou a Inês ou o Nuno Markl ou a Jessica Athayde ou o João Manzarra explicassem à Joana Latino que não curtem ser glorificados neste contexto de oposição a toda uma classe que esta jornalista ofende recorrentemente.”, afirmou.

A comentadora do ‘Passadeira Vermelha’ já tinha sido fortemente criticada depois de afirmar que bastava entrar na SIC para encontrar “cocainados“.

%d bloggers like this: