Menu

2 de Maio, 2020

Análise. ‘Big Brother’ com regresso apagado na primeira semana

Análise à primeira semana do 'Big Brother'
Fotografia.: Instagram Big Brother TVI

O ‘Big Brother’ regressou no domingo (26/04) e não conseguiu vencer a estreia do ‘Quem Quer Namorar Com o Agricultor?’. Durante a semana, nem o diário da tarde, nem o extra ao final da noite conseguiram dar a liderança à TVI. Leia a análise aos primeiro seis dias do formato.

O reality show tem a espinhosa missão de ocupar vários horários em que a TVI não é líder há vários meses. Talvez a missão mais fácil fosse vencer na noite de estreia, no serão domingo, mas nem aí foi completamente feliz.

Cláudio Ramos até subiu os valores no horário, mas foi incapaz de lidar com o regresso avassalador de Andreia Rodrigues.

E se a estreia, que tinha a missão mais facilitada pela curisosidade, não conseguiu o primeiro lugar, pior feito conseguiu o ‘BB MAG’, no horário das 19H00, e no qual a TVI tem ficado constantemente em terceiro lugar.

Em média, nos cinco dias em que foram exibidos, os diários conduzidos por Maria Botelho Moniz e Mafalda Castro registaram cerca de 5,6% de rating e 11,5%. Apesar da expectativa, o programa não conseguiu tirar o canal do terceiro lugar no horário e em nada melhorou os valores do ‘Ver P´ra Crer’.

Por sua vez, o ‘BB Fora D´Horas’ até conseguiu dar alguma audiência a mais à TVI depois das novelas da noite. Contudo, não foi capaz de se sobrepor a ‘Amor de Mãe’, da SIC.

Nesta análise rápida, percebe-se que o reality show pouco influenciou as audiências da TVI até agora. Falta ainda uma semana de ‘BB ZOOM’ que acompanha os concorrentes isolados cada um no seu apartamento. Será que a nova fase vai mudar alguma coisa?

Categorias: Tags: