Menu

30 de Março, 2020

Há menos publicidade na TV e a culpa é do coronavírus

Fotografia.: Reprodução

Publicidade televisão
Fotografia.: Reprodução

A pandemia de Covid-19 está a afetar a economia e a publicidade na televisão já se ressentiu. Os canais em sinal aberto contam já com menos cerca de quatro horas de anúncios, no total, revelou um estudo da Marktest.

Enquanto espectadores, todos desejámos uma televisão com pouca ou nenhuma publicidade. Isso está a acontecer atualmente, mas não pelas melhores razões.

O novo coronavírus já está a afetar a economia e isso verifica-se também no número de anúncios que os canais emitem nos seus intervalos. As estações em sinal aberto, de 6 de janeiro a 8 de março, segundo a Marktest, tinham por dia 12 horas e 39 minutos de publicidade.

Já a 22 de março, RTP, SIC e TVI tinham na sua programação apenas oito horas diárias de anúncios.

Por sua vez, a empresa analisou outros 38 canais de televisão paga e aí a quebra é ainda maior. No mesmo período, a redução foi de cerca de seis horas e 10 minutos.

A Covid-19 obrigou também as estações a fazer alterações na sua programação e a suspender programas. Por agora, os canais limitam-se a exibir os seus programas em direto com equipas reduzidas e a exibir formatos já gravados.

Quebra de novos anúncios

Além de menos publicidade, os anunciantes também não estão a produzir menos novos anúncios para captar a atenção do público.

A 16 de março, a entrada de novas publicidades foi de 82. Já nos dias seguintes, a televisão nunca conheceu mais de 30 novos anúncios.

Categorias: Tags: