Menu

29 de Março, 2020

Espanha | Notícia emotiva sobre mudança da hora torna-se viral

Fotografia.: Bernat Armangue/AP

Espanha Madrid
Fotografia.: Bernat Armangue/AP

Uma peça sobe a mudança da hora na RTVE de Espanha tornou-se viral nas redes sociais, esta sexta-feira (27/03). O jornalista Carlos del Amor tem merecido os elogios do público nos últimos dias.

Espanha é um dos países mais afetados pela pandemia de Covid-19 e, nos últimos dias, centenas de pessoas têm morrido devido à doença.

O jornalista Carlos del Amor, que trabalha na estação RTVE, fez uma reportagem acerca da mudança de hora que ocorreu na madrugada de sábado para domingo.

“Uma hora em que não haverá contágios, mortes e ninguém falará sobre isso. Será uma espécie de buraco negro. Um lugar para descansar. Oxalá pudéssemos habitar mais aqueles 3.600 segundos que não são e não serão”, pode ouvir-se na notícia, numa tradução livre para português.

“Não sabemos o que acontecerá quando tudo isto acabar. Não sabemos se seremos diferentes para sempre, se seremos melhores ou se, após quatro dias, voltaremos às nossas trivialidades habituais. E vamos assumindo que, assim como às duas serão três, 2020 será em 2021”, concluiu Carlos del Amor.

O vídeo com a peça tornou-se rapidamente viral, sobretudo no Twitter, e recebeu muitos comentários dos utilizadores, alguns confessando que se emocionaram com a mensagem do jornalista.

Rodrigo Guedes de Carvalho também se tornou viral em Portugal

O jornalista encontra-se a cumprir um período de quarentena voluntária, num plano levado a cabo pela SIC em defesa dos seus trabalhadores.

Ainda assim, as mensagens que deixou enquanto estava no ar com o ‘Jornal da Noite’ tornaram-se virais e fizeram as delícias da Internet.

“É bom que os portugueses percebam que esta não é daquelas que se resolvem a pensar ‘isto só acontece aos outros’. Dito isto, vamos manter a esperança e o animo porque a tempestade vai passar com a ajuda de todos nós, do país e do mundo”, afirmou Rodrigo Guedes de Carvalho no final de um dos informativos.

Categorias: Tags: