“Cabelo Pantene – O Sonho” – Opinião

Fotografia.: Instagram Leonor Poeiras

“Cabelo Pantene – O Sonho” estreou no sábado ao final da noite, na TVI. O concurso apresentado por Leonor Poeiras e Luís Borges procura a jovem com o perfil ideal para representar a marca de produtos para o cabelo.

O novo programa da TVI mostrou uma edição cuidada, uma boa fotografia e uma boa captação de imagens. Diria que a parte técnica, pelo menos na ótica de espectador, é o ponto forte desta aposta.

Tudo o resto foi um autêntico bocejo. O formato não é muito mais do que um grupo de miúdas com o objetivo de ser modelo e, para isso, precisam de ultrapassar vários desafios. Mas não há muito mais do que penteados, desfiles, conselhos de profissionais e uma intensa promoção à marca.

Leonor Poeiras está bem no papel de apresentadora, mas ultimamente parece estar condenada ao fracasso. Por outro lado, Luís Borges não me parece uma boa escolha, sobretudo quando a TVI tem o Rúben Rua com uma melhor preparação a nível televisivo.
“Cabelo Pantene – O Sonho” ficou em segundo lugar nas audiências, no horário em que foi emitido. O novo programa perdeu para a exibição de “Quem quer namorar com o agricultor?” da SIC.

O formato está longe de ser aquilo que o canal de Queluz de Baixo precisa para voltar a liderar audiências. Mas, neste caso, parece-me que todo ou grande parte do investimento partiu da Pantene. Portanto, se o objetivo era ganhar dinheiro e ainda conseguir algum público, então o programa serve bem o seu propósito.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: