Com o mesmo se paga

Com Amor se Paga é o programa das noites de sábado da RTP. Apresentado por Catarina Furtado esta aposta tem, como principal objetivo, homenagear pessoas desconhecidas ou figuras públicas, a pedido de outras, isto no primeiro caso. A direção de programas do canal público não se deu ao trabalho de pensar em algo melhor.

“Com Amor” é uma espécie de programa da manhã mas em maior escala. Histórias de puxar a lágrima, conversa, surpresas e “prendinhas” para os homenageados é tudo o que a RTP tem para dar. As histórias até nem são más e o estúdio é bem melhor do que aquilo que o programa merece. Já a edição deixa a desejar, com cortes abruptos de algumas partes.

Este reduto de homenagens até seria uma boa ideia, se estivéssemos nos anos 90. Para 2012 é pouco, muito pouco!

A falta de dinheiro não pode ser desculpa para tudo. É possível fazer-se melhor com o mesmo ou menos dinheiro que aquele que é gasto neste formato.

O programa tem péssimos resultados e, se a estação do estado não se deve preocupar com audiências, pelo menos que se preocupe em dar ao público algo diferente e não o mesmo que dá todos os dias de semana, de manhã e de tarde, na Praça da Alegria e Portugal no Coração.

One thought on “Com o mesmo se paga

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: