Eládio Clímaco em exclusivo: “Nos anos em que comentei a Eurovisão nunca vi a mais remota possibilidade de vencermos”

Eládio Clímaco entrou para a RTP em 1972 e aí fez uma carreira de sucesso. Foi o apresentador do mítico “Jogos sem Fronteiras” e a voz dos comentários do “Festival Eurovisão da Canção”. Em abril deste ano anuncou a reforma e respondeu, em exclusivo, ao Perguntas na Caixa.

ACM.:Depois da reforma continua a fazer televisão ou deixa de vez o pequeno ecrã?

EC.:Se me quiserem obviamente que nunca deixarei a televisão até me sentir com capacidades.

ACM.:Foi sempre uma cara da RTP. Nunca surgiram convites da concorrência?

EC.:Sempre fiz constar, em todas as entrevistas que dei, a minha muita fidelidade à RTP.

ACM.:Houve algum programa que gostaria de ter apresentado e não o pôde fazer?

EC.:Suponho que percorri toda a gama de programas sem sentir falta de algum em especial.

ACM.:Alguma vez acreditou que Portugal pudesse vencer o Festival Eurovisão da Canção?

EC.:Não. De facto, nos anos em que comentei a Eurovisão, nunca vi a mais remota possibilidade de vencermos.

ACM.:A televisão ainda é a “caixa mágica”?

EC.:Apesar de tudo acho que sim.

Depois de Eládio Clímaco e Herman José, não perca o exclusivo com Pedro Granger. Leia aqui: “Para o fim do Verão talvez volta à televisão”

3 thoughts on “Eládio Clímaco em exclusivo: “Nos anos em que comentei a Eurovisão nunca vi a mais remota possibilidade de vencermos”

  1. O que eu recordo com mais nostalgia foi da raiva do Sr. Clímaco quando os Lordi ganharam o Festival… o homem espumou em directo! ahah

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: