Chega!

A TVGuia anunciou que a TVI não ía emitir a já habitual Gala de Natal e o Há Festa no Hospital porque o novo director, José Fragoso, informou que o canal tem de fazer alguma contenção de custos até ao final do ano.

Esta semana a mesma publicação afirma que a estação de Queluz de Baixo está a preparar uma gala especial em homenagem a Angélico Vieira, que perdeu a vida em Junho deste ano. A ser verdade, é a ideia mais estapafúrdia dos últimos tempos.

Primeiro, e desculpem-me os fãs, Angélico Vieira nunca foi uma figura verdadeiramente importante no audiovisual português. Depois, não se percebe o porquê de uma ideia destas, quatro ou cinco meses depois da sua morte.

Se a TVI anda a poupar em festas que fazem parte do ADN do canal para investir em eventos deste tipo, muito mal anda a televisão em Portugal.

Vão homenagear porquê? Porque cantava, dançava e representava e em nenhuma destas três artes era realmente bom? Porque era jovem?

As razões são óbvias, a busca desmedida por audiências através da desgraça alheia.

Se gostam e existe respeito por Angélico, então o melhor a fazer é deixá-lo descansar em paz.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: